Dom Magnus Henrique Lopes, OFMCap

Dom Magnus Henrique Lopes, OFMCap

Bispo Diocesano de Salgueiro

Lema: "Tudo posso naquele que me fortalece”
Nascimento: 31/07/1965
Profissão Solene e Perpetua: 19/03/1992
Ordenação Presbiteral: 21/12/1996
Nomeação Episcopal: 16/06/2010
Ordenação Episcopal: 17/09/2010
Posse como Primeiro Bispo da 
Diocese de Salgueiro: 12/10/2010

Nascido em Assu, 31 de julho de 1965.  Filho de João Gregório Lopes e Maria do Carmo Lopes (in memoriam). Com 21 anos ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos em 21 de fevereiro de 1986 na etapa do Postulantado e fez seu noviciado de 05 de Janeiro de 1988 a 06 de janeiro de 1989, quando emitiu a sua primeira profissão religiosa. A profissão perpétua fez aos 19 de março de 1992 com 27 anos de Idade no Convento Santo Antônio, em Natal – RN. Foi ordenado diácono a 25 de março de 1996, por Dom Antonio Soares Costa na Basílica de Nossa Senhora da Penha, em Recife – PE, e ordenado sacerdote em 21 de dezembro de 1996 por o mesmo bispo na cidade de Assu – RN. No dia 16 de junho de 2010 foi nomeado primeiro bispo da diocese de Salgueiro e consagrado bispo em 17 de setembro de 2010 por Dom Luís Gonzaga Silva Pepeu, OFMCap.

dmagnus_20x30cm_fd_branco (2)

Brasão Episcopal de Dom Magnus

Cursou Filosofia na Faculdade de Filosofia – FAFIRE – do Recife concluindo em 1992; Parapsicologia e Religião, pela Faculdade de Educação de Guaratinguetá-SP e pelo Centro Latino-Americano de Parapsicologia – CLAP, em São Paulo-SP, no ano de 1993; Teologia no Instituto Franciscano de Olinda – IFTO em 1996; Psicologia com Bacharelado, Licenciatura e Habilitação em Formação de Psicólogo pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió – CESMAC, concluído em 2001; Especialização em Psicologia Clínica Hospitalar do Programa de Pós-Graduação “lato sensu” pela Faculdade Frassinetti do Recife – FAFIRE, concluído em 2007; Licença em Teologia Moral pela Accademia Alfonsiana Universitá Lateranense, Roma, concluído em 2009 (Summa cum laude) dentre outros cursos de curta duração.

Frei Magnus foi animador vocacional na Província dos Capuchinhos do Nordeste de 1991 a 1995, mestre de postulantes em Maceió de 1997 a 1999, de 1989 a 1998 foi ecônomo local em várias fraternidades da Província, vigário paroquial de diversas paróquias e vigário da Fraternidade Capuchinha de Maceió de 1996 a 200; Definidor Provincial por dois triênios (1996 a 2001); Ministro Provincial por dois triênios (2001-2007); Vice-Presidente da Conferência dos Capuchinhos do Brasil – CCB por dois mandatos (2001-2007). Até o momento de sua nomeação episcopal, exercia os ofícios de Guardião e Ecônomo do Convento Santo Antônio, em Natal-RN; além de ser diretor espiritual de diversos grupos, movimentos e pastorais.

Sua ordenação episcopal ocorreu no dia 17 de setembro de 2010 na Catedral de Natal, no Rio Grande do Norte, com a presença de um número muito grande de pessoas. Sua ordenação foi presidida pelo Arcebispo de Vitória da Conquista, Dom Frei Luís Gonzaga Silva Pepeu, OFMCap. Tomou posse como o primeiro bispo de Salgueiro no dia 12 de outubro de 2010 no Estádio Cornélio de Barros em Salgueiro, com a presença do Núncio Apostólico, Dom Lourenzo Baldisseri e de 28 bispos. Que contou ainda com a participação de todo o seu Clero Diocesano, além de inúmeros sacerdotes, religiosos, religiosas e seminaristas, tanto da Diocese que estava sendo instalada, quanto das diversas regiões do país, numa manifestação de Unidade e Comunhão para com o novo Bispo e a Igreja Particular de Salgueiro.